Reconhecimento facial com Azure Cognitive Services, Angular e Node.js – Parte 2

E aí galera! Tudo certo?

Hoje vamos continuar aquela nossa aplicação para realizar reconhecimento facial e identificação de pessoas utilizando os serviços cognitivos do Azure. Como é um serviço exposto via HTTP, podemos fazer a aplicação com a linguagem que quisermos; nesse exemplo vamos utilizar Node.js e Angular. Bora lá!

O post vai ser dividido em duas partes:

  • Parte 1 (aqui): vamos ver um pouco de como funciona o Azure Cognitive Services, como ele reconhece faces, como utilizar e criar esse serviço no portal do Azure e por fim vamos cadastrar faces em um “banco de faces” para serem reconhecidas posteriormente.
  • Parte 2 (esse post): vamos enviar uma face para o serviço de reconhecimento e ver a mágica acontecer.

O que vimos no post anterior?

Na primeira parte desse post, nós aprendemos:

  • O que são os serviços cognitivos do Azure;
  • Como funciona o reconhecimento facial;
  • Como criar um serviço de reconhecimento facial no Azure;
  • Como criar listas, enviar imagens e treinar nossa API.

O que veremos hoje?

Como identificar uma face! 😀

Mãos na massa!

Depois de já termos uma “base” de imagens com os nossos supostos clientes, e da nossa API estar treinada e pronta para reconhecer imagens, para fazer o reconhecimento basta fazermos o seguinte:

  1. Enviar a nossa imagem para um endpoint chamado “detect”, esse endpoint é responsável por identificar faces em imagens; além disso ele também consegue nos trazer alguns atributos sobre as faces encontradas, como por exemplo: gênero, cor, se a pessoa usa maquiagem, óculos ou outro adereço, emoções e afins. Essa imagem que nós vamos enviar pra lá irá receber um identificador e ficará disponível por 24 horas.
  2. Enviar o identificador da face para um endpoint chamado “findsimilars” que será o responsável por nos trazer imagens semelhantes a imagem que nós enviamos.

O resultado final é esse:

reconhecimento

*Me desculpem pela cara de pastel, acabei de sair de uma cirurgia rsrs.

Vejam primeiramente, como ficou a parte do front-end:

Para reconhecer a câmera, foi utilizado o seguinte trecho de código:

E o submit do formulário:

A parte da API, que é a mais importante, se comporta dessa maneira:

Faz o upload da imagem, utilizando o endpoint “detect” que foi explicado acima:

Dentro do objeto response, temos uma lista de faces que foram identificadas na imagem, para cada face identificada, nós faremos a busca por faces similares utilizando o endponit “findsimilar“:

E por fim, o reconhecimento é efetuado:

Finish

 

É isso pessoal! Finalizamos o nosso reconhecimento de clientes 😀

Se tiverem qualquer dúvida sobre essa parte, se algo ficou muito vago ou confuso, me enviem feedbacks que irei dar um jeito 😉

Os códigos utilizados estão disponíveis no GitHub:

Por hoje é só isso, qualquer dúvida ou sugestão, estou à disposição! Até mais 😀

Anúncios

One thought on “Reconhecimento facial com Azure Cognitive Services, Angular e Node.js – Parte 2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s